Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos! link Facebookaddicionar aos favoritosRSS feed

partilhar partilhar

Município de
Carrazeda
de Ansiães

Gastronomia

O paladar aguça o apetite, daí que Carrazeda de Ansiães goste de apresentar bons petiscos para satisfazer qualquer especialista e apreciador de bons manjares. Pratos recheados, bom vinho de consumo ou o digestivo, "vinho tratado", fabricado e envelhecido em cascos de carvalho ou castanho.
A 15 e 16 de setembro, pode ir-se à Lavandeira assistir à romaria em honra de Santa Eufémia e comer a "marrã" (carne de porco assada na brasa). Em Carrazeda de Ansiães, o fumeiro local reina em qualidade e paladar, destacando-se entre os mais apreciados o presunto, o salpicão e o chouriço de carne. Se preferir, também pode saborear partos de caça, como o javali, perdiz ou coelho à caçador, que não vai deixar de aconselhar aos seus amigos. Em Foz-Tua e na Senhora da Ribeira, locais ribeirinhos ao rio Douro, podem degustar-se os famosos peixinhos do rio, fritos ou com molho de escabeche.
Outros pratos regionais que estão também ao dispor dos visitantes são o bacalhau e cabrito assado no forno, com batata a murro, a feijoada à transmontana e o famoso polvo cozido com batata e couve, na noite de consoada. A nível de doçaria existem diversas variedades de bolos com maçã, o típico doce de abóbora, o tradicional arroz doce ou os folares doces, na altura da Páscoa.

Receita tradicional - 
Cabrito assado no forno, com batata assada e arroz branco
Ingredientes: cabrito, sal, maçãs, alho, louro, malagueta, colorau, banha, azeite e água;
Preparação: lava-se e retiram-se as gorduras do cabrito, pica-se o cabrito com um espeto e põe-se a marinar em água e juntamente com maçãs cortadas em quatro partes e deixar assim durante 24 horas. De seguida retira-se o cabrito da marinada e limpa-se o mesmo muito bem. Ao mesmo tempo num recipiente põe-se o alho picado, louro, malagueta, colorau, banha, azeite, um pouco de água e envolvem-se todos os ingredientes formando uma papa. Com esta papa barra-se e recheia-se o cabrito ficando pronto para ir ao forno de lenha durante 1h30 a 2h00. Numa assadeira à parte assam-se as batatas que são temperadas com sal, alho, azeite, louro, vinho branco e colorau. Prepara-se o arroz seco em lume brando e a meio da cozedura é transferido para uma caçarola de barro que vai ao forno de lenha, cortam-se pedaços de cabrito e colocam-se por cima da caçarola de barro com uma grelha para o arroz ficar mais suculento.
imagem

Sobremesa - Arroz Doce
Leva-se ao lume uma panela com água até ferver onde se lhe junta sal e o arroz. Entretanto numa outra panela põe-se o leite a ferver com a canela em pau e uma casca de limão. Entretanto vai-se deitando aos poucos o leite. Deixa-se cozer destapado em lume brando. Retira-se do lume e adiciona-se o açúcar. Mexe-se rapidamente e juntam-se as gemas e manteiga. Coloca-se o arroz sobre lume muito brando durante uns minutos sem deixar ferver. Por fim deita-se o arroz nos recipientes e pulverizam-se com canela.
imagem
  • SGS logótipo
  • W3C logótipo
  • compete logótipo
  • QREN logótipo
  • UE logótipo
  • wiremaze logótipo